• Núcleo Maria da Penha - NUMAPE | UNIOESTE MCR

SETEMBRO AMARELO - Mês da valorização da vida e prevenção ao suicídio


O “Setembro Amarelo” é o mês de valorização da vida e conscientização para a prevenção ao suicídio. Um dos motivos que levam as pessoas a cometerem esse ato é a depressão, e pesquisas demonstram que a maior incidência desta doença incide sobre as mulheres.


Um dos fatores que podem estar associados a essa maior incidência é o papel social das mulheres. Afinal, muitas mulheres possuem uma jornada dupla, ou tripla, que incluem a atividade profissional, o cuidado com a casa e filhos/as, os estudos, gerando uma rotina de cansaço e estresse que pode incidir num quadro de depressão. Infelizmente, muitas mulheres também estão inseridas no ciclo da violência doméstica, causando diversos danos a sua saúde física e mental, sendo assim um dos fatores influenciadores dos quadros de depressão em mulheres.


É preciso estar alerta a alguns sinais da depressão:

• humor deprimido, caracterizado por desânimo, baixa autoestima e sentimentos de inutilidade;

• perda de interesse em atividades que antes eram apreciadas;

• mudança de apetite (excesso ou falta de fome);

• movimentos físicos sem sentido (como apertar as mãos nervosamente);

• sentimento de culpa ou falta de esperança;

• dificuldade para raciocinar, tomar decisões ou se concentrar;

• pensamentos negativos, sobre morte ou suicídio;

• humor irritável e angústia;

• medo, insegurança, desespero, desamparo e vazio;

• diminuição do desejo e do desempenho sexual;

• dores e outros sintomas físicos sem causa aparente, como dor de cabeça.


Se você possui alguns destes sintomas busque ajuda! Se você conhece alguém que esteja com algum destes sintomas, ofereça ajuda e procure conversar com a pessoa atentamente, e apoie a busca pelo apoio profissional na rede de saúde pública do município.


Em Marechal Cândido Rondon, o CAPS – Centro de Atenção Psicossocial, é o local especializado no atendimento e cuidado à saúde mental. Se precisar de ajuda, busque primeiramente o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, para que o médico clínico possa realizar o encaminhamento ao CAPS, por meio do SUS - Sistema Único de Saúde.


CAPS I - MCR - 45 3254-7880 - Rua 7 de Setembro, 1945, esquina com Rua Piauí.

8 visualizações
Site desenvolvido pela equipe NUMAPE/MCR