• Núcleo Maria da Penha - NUMAPE | UNIOESTE MCR

NOTA DE REPÚDIO NUMAPEs



NOTA DE REPÚDIO – NUMAPEs


Os NUMAPEs (Núcleos Maria da Penha), na qualidade de projeto de extensão, constituem serviço de acolhimento psicossocial e Advocacy feminista (Libardoni, 2000). É importante ressaltar que o projeto não se apresenta como mero escritório jurídico de apoio. Trata-se de ação engajada na promoção de políticas por igualdade, apoio à rede de atendimentos e enfrentamento à violência, formação cultural e acadêmica, constituindo, portanto, verdadeira TECNOLOGIA SOCIAL (cf. MCTIC, 2019). Pautado em diretrizes interdisciplinares e prezando pelo atendimento humanizado, concebemos a violência enquanto uma questão estrutural e que atinge às mulheres em diferentes contextos, de acordo com seus posicionamentos interseccionais na estrutura social.

Engajadas em ofertar à comunidade um ponto de apoio adequado e de qualidade, batalhamos para constituir um serviço de escuta qualificada, orientação e encaminhamentos para atuar em situações específicas de violências contra mulheres. Formar acadêmicas e profissionais para multiplicar o conhecimento adquirido está também dentre nossos horizontes de ação. Investir na produção acadêmica engajada com a transformação social também.

De modo que, inseridas na equipe do núcleo, as profissionais e bolsistas das diversas áreas (Ciências Sociais, Direito, História, Pedagogia, Psicologia e Serviço Social) participam ativamente de todas as nossas atividades internas e externas – grupos de estudos, capacitações, palestras, formações, atendimentos, etc. Cada qual, neste contexto, a partir de seu âmbito de atuação e em conformidade com os acordos de trabalho assumidos a partir da assinatura do termo de compromisso.

Neste processo, tornam-se referências de apoio à comunidade acadêmica e à comunidade local. Sua imagem é veiculada nos registros dos eventos, nas páginas e redes sociais do núcleo. E é a partir daí que, não em raros casos, tornam-se também alvo de ataques sexistas e machistas de violência, sobretudo psicológica. Enquanto mulheres, sofrem ameaças sérias (à sua integridade e à sua vida), xingamentos, desqualificações. Já os núcleos, cujos endereços e as referências de localização/telefone são públicos, ficam expostos a atitudes persecutórias e igualmente violentas, por parte dos homens processados pela conduta violenta contra suas ex-companheiras/namoradas/esposas. Então, qualquer que seja a composição da equipe, o ciclo de violência permanece.

Sabemos que os serviços de referência da rede de enfrentamento à violência doméstica e familiar se tornaram fundamentais na vida das mulheres que sofrem este tipo de violência, sobretudo porque garantem às usuárias o acesso à compreensão e realização de seus direitos. Por isso, também sofremos ataques de agressores que querem, através das investidas contra os serviços, dificultar o acesso das mulheres à justiça e outras redes de apoio.

Diante disso, registramos publicamente o repúdio ao ciclo violento que se estende às mulheres que lutam por direitos de outras mulheres! Além disso, queremos chamar a atenção à importância das medidas preventivas de salvaguarda aos nossos direitos, notadamente, à concessão de medidas protetivas, nos termos da Lei 11.340/06, extensivas às essas equipes que são atacadas junto com as mulheres.

Nossa luta por direitos não pode colocar em risco a vida, a integridade e/ou a saúde de nossas profissionais! Finalmente, não se pode esperar que a resistência às práticas de violência sejam individualmente assumidas por cada uma de nós. Nossa expectativa é pela garantia de uma estrutura de proteção, tanto aos direitos das nossas assistidas, quanto aos nossos direitos.


Maringá, 27 de agosto de 2020.


Equipe NUMAPE/UEM/Maringá

Profa Dra Débora de Mello Gonçales Sant´Ana

Pró-Reitora de Extensão e Cultura da UEM

Equipe NUMAPE/UEL/Londrina

Equipe NUMAPE/UNICENTRO/Irati

Equipe NUMAPE/UNICENTRO/Guarapuava

Equipe NUMAPE/UNIOESTE/Marechal Cândido Rondon

Equipe NUMAPE/UNIOESTE/Toledo

Equipe NUMAPE/UNIOESTE/Francisco Beltrão

Equipe NUMAPE/UENP/Jacarezinho

Equipe NUMAPE/UNESPAR/Paranavaí

Equipe NUMAPE/UEPG/Ponta Grossa










22 visualizações
Site desenvolvido pela equipe NUMAPE/MCR